Notícias

Leia mais:SAP e Bombeiro Militar passam a integrar a força-tarefa do Gaeco

A Secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa (SAP) e o Corpo de Bombeiros Militar passaram a fazer parte do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). A integração das duas instituições foi oficializada nesta quinta-feira (03) por meio de Termo de Cooperação Técnica assinado no Ministério Público de Santa Catarina. O Gaeco é uma força-tarefa coordenada pelo MPSC, da qual já participavam as Polícias Militar, Civil e Rodoviária Federal e a Secretaria Estadual da Fazenda.

O Procurador-Geral de Justiça, Fernando da Silva Comin considerou importante a adesão de mais dois órgãos públicos à força-tarefa. "É uma conquista para a sociedade catarinense que resulta na consolidação de um modelo de trabalho simbolizado na sigla Gaeco, cujos resultados demonstram a eficiência na investigação que dificilmente seria atingida pela atuação isolada dos órgãos públicos", destacou o Chefe do MPSC.

O Coordenador-Geral do GAECO e Subprocurador-Geral para Assuntos Jurídicos do MPSC, Fábio de Souza Trajano, destacou que quando as instituições atuam em cooperação quem ganha é a sociedade. Trajano salientou ainda que a credibilidade alcançada pelo Gaeco deve ser creditada a cada uma das instituições que dele fazem parte. “São essas instituições que tornam a força-tarefa um modelo indispensável para o combate à macro criminalidade".

O Secretário de Estado Administração Prisional e Socioeducativa, Leandro Lima, lembrou que a SAP já colaborou com o Gaeco em outras ocasiões, mas que passar a fazer parte organicamente da estrutura da força-tarefa eleva esta colaboração a outro patamar. "A articulação das forças é a melhor resposta que o Estado pode dar à sociedade", ressaltou.
Para o Comandante-Geral do Corpo de Bombeiros, Coronel Marcos Aurélio Barcelos, o ingresso da na força-tarefa permitirá oferecer a capilaridade da Corporação e sua expertise e informações às investigações desenvolvidas. "Assim avançamos no combate à criminalidade e em prol de uma sociedade mais segura", completou.

O Promotor de Justiça Alexandre Reynaldo de Oliveira Graziotin - que atua há 16 anos na força-tarefa e exerce a Coordenação Estadual do Gaeco - ressaltou o suporte dado por todos os Procuradores-Gerais de Justiça, que entenderam ter o Ministério Público encontrado um conceito de trabalho benéfico para toda a sociedade. "Avançamos no combate ao crime organizado de forma multidisciplinar, com os múltiplos conhecimentos de cada instituição", finalizou.

Leia mais:SAP entrega kits de uniformes para policiais penais

O Secretário de Administração Prisional e Socioeducativa, Leandro Lima e o Secretário Adjunto Edemir Alexandre Camargo Neto fizeram na manhã desta quinta-feira (03) a entrega dos kits de uniforme para os policiais penais do Complexo Penitenciário da Agronômica. O primeiro a receber foi o Diretor em exercício da unidade, Policial Penal, Ricardo Guimarães. As mulheres foram representadas pela policial penal Kenia Vieira. Todas as unidades prisionais e estão recebendo os lotes e viabilizando a distribuição para os servidores.
“Esse é momento muito especial, pois é a concretização de um esforço de muitos meses. O uniforme foi desenhado de acordo com as necessidades mapeadas pelos operadores dos sistemas prisional e socioeducativo”, disse o Secretário Leandro.

Leia mais:SAP entrega kits de uniformes para policiais penais

Leia mais:SAP faz visita institucional ao Presidente da Alesc

O Secretário de Administração Prisional e Socioeducativa, Leandro Lima e o Secretário Adjunto, Edemir Alexandre Camargo Neto, fizeram na manhã desta quinta-feira (03) uma visita institucional ao Presidente da Alesc, Deputado Moacir Sopelsa. Na oportunidade, os representantes da SAP entregaram ao deputado uma garrafa de suco de uva bordô, produto do trabalho dos apenados da Penitenciária da Região de Curitibanos, localizada em São Cristóvão do Sul.
Durante o encontro, o Secretário destacou as ações que a SAP vem desenvolvendo no sentido de manter e ampliar os programas de oferta de trabalho e de ensino para os internos do sistema prisional catarinense.

Departamento de Polícia Penal

Rua Fúlvio Aducci, 1214, 6ª andar - Estreito

Florianópolis - SC - CEP 88.075-000.

Telefone: (48) 3665 7310  - Horário de atendimento das 12:00 às 19:00 horas.

JSN Boot template designed by JoomlaShine.com